quarta-feira, 16 de março de 2011

Faculdade X Maternidade

O fato de ainda estar (de novo outra vez) na faculdade foi, durante muito tempo, um fator impeditivo na minha tomada de decisão de engravidar, mas como lidar com aquela vontade louca-alucinada de ser mãe? 
Me chamem de ridícula, imbecil, retardada, mongol... mas eu sentia aqui dentro que tinha chegado a hora. Tinha que ser agora. Era o tal chamado da natureza. Meu corpo pedia isso e eu não tinha como ignorar. Eu só pensava nisso e o resto perdeu a graça.

Então passei a pesar tudo, os prós e os contras que eu enxergava de ter um filho no último ano da faculdade e os prós e os contras que os outros enxergavam e faziam questão de me dizer (porque se tem uma coisa que a humanidade ama fazer é impor dizer como você deve agir), mas  no final das contas, o que conta mesmo é o que eu penso e o que Bruno pensa. Não é que eu não ouça a opinião dos outros, e até acato algumas, mas felizmente a vida me deu uma peneira enorme nos meus ouvidos. 

Claro que eu tenho a consciência de que conciliar filho com faculdade não tão fácil como cortar manteiga, mas eu não sou a primeira mulher na face da terra que vai passar por isso e mais, seria tão mais fácil assim conciliar filhos e emprego?

bom, eu sou aloka do esquema, listas e cronogramas. Esquematizo tudo, listo tudo e faço cronogramas de tudo também porque assim 'sisinto' no poder, controlando as coisas (sei que não rola, mas né gosto de me iludir. Posso? =P). 
Daí que com a idéia da gestação durante a faculdade não seria diferente. Fiz trocentos esquemas de grade disciplinar para os próximos 3 semestres e cronograma para cada mês de cada semestre eu venha por ventura engravidar. Essa sou eu, beijos!

Eu sei que, para quem lê é um pouco confuso entender, mas o fato é que se tudo ocorrer dentro da normalidade (gestação tranquila com 40 semanas- amém!) a gravidez não vai interferir  (do verbo embolar o meio de campo. Tô preparada - acho) na faculdade. Pode dificultar um pouco, mas tô aprendendo a viver um dia por vez. Se chegar lá na hora e eu ver que 'nunguento', eu tranco e pronto. Não vou adiar minha felicidade por isso. Eu escolhi ser mãe agora e isso é maior do que eu ter um  outro diploma, um emprego, ganhar meu salário, bancar certos luxos. Isso eu posso fazer até o os meus 65 anos. Hoje eu posso abrir mão de uma roupa nova ou um sapato da moda, mas não posso e nem QUERO abrir mão de ser mãe de alguém.

19 comentários:

Mi Freitas disse...

Aiii....minha nossa Senhora das universitárias-aspirantes-a-mãe-desesperadas. Preciso concordar com vc cumadi em gênero, número e maluquice. Sabe que eu tô amando esse seu blog novo né?!! Acompanhando tudo ..até pq, ano que vem é minha vez. uuuui... MAs enquanto isso eu aproveito a evolução dos fatos por aqui...=)

Jessica disse...

Lara, vc ta passando pela mesma coisa q passei qd engravidei! Decidi completar o semestre e depois trancar (pelas contas, no final do semestre estaria com quase 6 meses). Mas foi mt dificil, o inicio da gravidez é recheado de enjoos, queda de pressão... etc... Foi uma luta!! Felizmente consegui completar e trancar no periodo certo! Espero que seu cronograma funcione!! Hj em dia as pessoas gostam mt de opinar na vida dos outros (eu q o diga!!), mas siga seu instinto e tudo no final dará certo, principalmente quando se tem um parceiro presente!!
Bjao Lara! To amando seu blog!!

Gily disse...

hahaha já ví que não tem mais coomo tentar te convencer a esperar mais um pouquinho pra ver se te acompanho rsrsrsrs

bjinhos Gily

Adriana Barretto Bomfim disse...

tudo vale a pena qnd a alma não é pequena!
se ser mãe vai te fazer feliz,vai em frente!!vai ser dificil vai,mas tem gente que segura barra pior!
boa sorte
bj

Lara disse...

Miii,

Loucura é não ser feliz! E ano que vem espero porder te dar muitas dicas! Hahahaha!!!!

Beijocas!

Lara disse...

Jess,

Pois é, as pessoas faltam ter um ataque quado eu abro a boca para dizer que "tô pensando" em engravidar...porque nem falo que já tomei a decisão justamente prevendo os xiliques de quem nem paga minhas contas.

Vou correr o risco, sabe pq? Desde o ciclo de março que eu não tô mais usando nenhum método contraceptivo...se tiver de ser já foi. Hahaha!

Vc é bem vinda aqui, viu?

Beijos

Lara disse...

Prima,

Seu planos estão para longe demais...2013? Eu infarto antes disso. Só se Deus quiser que seja mais pra frente...tá nas mãos dEle. A minha parte eu tô fazendo direitinho (se é que vc me entende =P)

Bjos

Lara disse...

Dri,

Pois vc está certa. Não vou me acovardar diante das dificuldades. Vai se dificil em qualquer momento da minha vida...e graças a Deus tenho uma vida tranquila, sem excessos, mas que me faz feliz. Tem gente em situação pior e que consegue...porque não eu?

Beijos na pequena Leti!

Adriana Barretto Bomfim disse...

exatamente!
de verdade,nunca estamos 100% praparadas pra sermos mães,e querer ser mãe já um grande passo,uma gravidez planejada e desejada é o 1º passo!
boa sorte
bj

Priscila Caldas disse...

Olá, Lara!
Prazer em te conhecer...
Tenho 2 anos de casada e sonho em ser mãe também, mas quero curtir mais meu casamento. Às vezes me bate aquela dúvida, mas aí que vejo que não é a hora. Com dúvida não dá, né? Também estou fazendo minha segunda graduação, que só termina no fim de 2012. Estou planejanto, então, abrir a "porteira" no ano que vem... :)
Vou acompanhar a sua jornada para me inspirar, viu??
Bjuxx
umamocabonita.com

Paloma disse...

Lara,

não existem CNTP na hora de ter filhos! sempre vai haver um se, um talvez! a única coisa que aprendi realmente é que não somos nós quem escolhemos a hora (podemos escolher a hora de não ter, mas a de ter está com Ele!)
boa sorte!!
beijos

Lara disse...

Oi Priscila,

O prazer é meu! rs! Menina, não se esquente não, é como eu falei no post...eu sempre quis, mas não era como é agora, sabe? Vc sente quando chega a hora e só resta entregar a Deus e só!

aproveite mesmo seu casamento, porque como dizem filho muda a rotina do casal e vcs devem estar prontos e querendo isso.

Volte sempre tá?

Beijos

Lara disse...

Loma,

Está nas mãos dEle há mto tempo. Peço a Deus que seja quando Ele achar que deve ser. De resto eu tô fazendo a minha parte, me preparando, planejando e namorando =P

Beijos na barriga

Adriana Barretto Bomfim disse...

me metendo na conversa alheia...filho muda muito não só o casamento,mas nossa vida inteira!!
mas é uma delicia!não tem preço um sorriso banguela!!
bj

Lara disse...

Hahaha!!!

Dri,

Aqui você pode se meter, sempre!!!

Eu tenho uma vaga idéia dessa mudança...hihihi...mas tô doida para ter um sorriso banguela pra chamar de meu S2

Bjos

Monique bremgartner disse...

Olá querida tudo bem? Meu nome é Monique, moro em Manaus-AM, sou estudante de Jornalismo, estou no 6período. Minha turma de Jornalismo está elaborando um jornal laboratório e eu fiz uma matéria sobre Mães universitárias e gostaria de usar esta ilustração que está no seu blog no Post "Maternidade x Faculdade". Gostaria de saber os créditos, de que local vc retirou esta imagem, pois preciso contactar com o responsável para poder publicar a imagem no jornal. Pode ser? Preciso urgente de sua resposta. Desde já antecipo os meus agradecimentos. Um grande abraço!

Meu e-mail: jorn_mmabelle@hotmail.com
Facebook: Monique Bremgartner

Bjs!

JACK VICTORIA SECRETS disse...

Bom dia Genti
A
M
E
I ESSE BLOG tudo que eu queria ouvir foi isso aqui :)
Entao tenho 3 anos de casada e estou fazendo faculdade so que me bateu essa vontade louca de ser mãe so que ainda estou no 3 periodo da facul de pedagogia, meu marido quer muito ser pai e estou nesse dilema quando toco no assunto com as pessoas nossa sou xingada de louca a pior mas to ai vou deixar acontecer pois a vontade de ser mãe e a melhor do mundo
bjs a todas corajosas pois esse blog me inspirou mais aindaa feliz por demais :)

Unknown disse...

Vc leu meus pensamentos kkkkk conseguiu ter o baby e conciliar a faculdade?

Jane Souza disse...

Vc leu meus pensamentos kkkkk conseguiu ter o baby e conciliar a faculdade?